Bolo de Chocolate Low Carb



Essa é sem dúvidas uma das receitas que eu mais gosto, bolinho de caneca com coco e cacau. É uma opção rápida é muito fácil de fazer. Você pode comer no café da manhã, lanche da tarde ou fazer como eu e comer quando der fome. Como é fácil de transportar você pode levar para onde quiser.

Ingredientes

  • 3 colheres de sopa de coco ralado sem açúcar, se preferir pode usar farinha de coco ou outra farinha low-carb
  • 2 colheres de sopa de leite de coco
  • 1 ovo
  • 2 colheres de sopa de nata ou creme de leite sem soro
  • 1 colher de chá de óleo de coco
  • 2 sachês de sucralose
  • 1 colher de cacau em pó
  • 1 colher de chá de fermento em pó

Preparo

  1. Misture bem os ingredientes líquidos;
  2. Adicione o coco ralado e o fermento;
  3. Coloque a mistura em uma caneca de porcelana ou um pote pequeno que possa ir ao micro-ondas;
  4. Leve ao micro-ondas por aproximadamente 3 minutos (O tempo pode variar muito conforme a potência do seu micro-ondas)
Se deseja acabar de vez com a vontade de comer doce, você pode fazer uma calda apenas derretendo uns 4 quadradinhos de chocolate (70% cacau ou mais) e misturando duas colheradas de creme de leite ou nata.
Outra variação que você pode fazer é apenas polvilhar um pouquinho de canela em pó, fica muito bom também!
O coco além de gostoso é uma ótima fonte de gorduras saudáveis e fibras, mas, caso você não goste de coco, pode fazer colocando alguma farinha low-carb no lugar!
Espero que gostem!

Infográfico: Benefícios do Jejum Intermitente



Olá, você conhece o jejum intermitente e seus benefícios para quem segue uma alimentação Low-Carb ou Paleo?

Neste guest post em parceria com o Senhor Tanquinho vamos explicar o que é essa maravilhosa estratégia alimentar para a perda de peso e quais são os seus benefícios para a saúde. Eu e minha noiva somos prova do quanto o JI auxilia na perda de peso (em breve contaremos aqui a nossa história).

Fique com o post:

Se você está aqui, é porque tem interesse em se alimentar de maneira mais saudável, seguindo a sabedoria de nossos ancestrais.

E um assunto que tem tudo a ver com dieta Paleo é o jejum intermitente.

O jejum intermitente nada mais é do que você alternar períodos em que come (isto é, a janela de alimentação), com períodos em que não come (isto é, a janela de jejum).

E isto está totalmente alinhada com o que nossos ancestrais faziam porque claramente eles não comiam de 3 em 3 horas, essa é uma mentira inventada pela indústria de alimentos moderna.

Sendo assim, como os nossos ancestrais caçadores-coletores se alimentavam apenas quando conseguiam encontrar a comida, o jejum intermitente é uma prática 100% alinhada à filosofia da dieta Paleolítica.

Mas, melhor do que isso, o jejum intermitente também apresenta diversos benefícios para a saúde.

Por isso, separamos um infográfico explicativo com os nossos 10 benefícios favoritos do jejum intermitente.

Entramos em mais detalhes sobre cada um deles no nosso post original: Jejum Intermitente Para Iniciantes – O que é, Benefícios e Tudo O Que Você Precisa Saber



E lembrando que ficar um período de tempo mais longo sem comer pode ser uma prática difícil no começo.

Então, é necessário você se adaptar ao jejum intermitente.

Além disso, o jejum intermitente é bem mais fácil de ser seguida em uma dieta com nutrientes que dão mais saciedade, isto é, que te deixam cheio por mais tempo.

Esses nutrientes são, por exemplo, proteínas, gorduras e fibras, que estão altamente presentes em uma dieta low-carb.

De todo modo, essas mudanças alimentares levam tempo - e o mais importante é que você entenda bem o que está fazendo, e também que sinta como o seu corpo reage a cada mudança positiva que você faz.

Esperamos que tenham gostado do texto de hoje e nos falamos mais no próximo post,

Um Forte Abraço, do Senhor Tanquinho.

Um Veneno Chamado Margarina



Assim como você pode estar sendo enganado, eu fui um dos que cheguei a acreditar que a manteiga era muito pior do que a margarina. Isso, é claro, se deu antes de conhecer o que é comida de verdade. Naquela época eu acreditava que a margarina havia sido criada para ser uma substituição saudável à manteiga, já que a mesma é proveniente de fontes vegetais e por isso não contem colesterol. Hoje, graças a Deus encontrei estudiosos como o Dr. José Carlos Souto e sei que é exatamente o contrário, a manteiga não causa doenças, ao passo que a margarina deveria ser considerada um veneno e não uma opção de alimento como abordado neste artigo que encontrei a alguns dias e hoje venho compartilhar com vocês:

Qual é a diferença entre margarina e manteiga?

Você sabe quais são as diferenças entre os males da manteiga e da margarina?

Ambas têm a mesma quantidade de calorias. A manteiga tem um pouquinho mais de gordura saturada - 8 gramas contra 5 gramas da margarina.

Sobre a manteiga

A ingestão de manteiga aumenta a absorção de muitos nutrientes presentes em outros alimentos. A manteiga traz mais benefícios nutricionais, enquanto que o pouco que a margarina traz lhe foi adicionado!

A manteiga é muito mais gostosa do que a margarina e pode melhorar o sabor de outros alimentos. A manteiga existe há séculos, a margarina há menos de 100 anos.

Sobre a margarina

A ingestão de margarina pode aumentar em 53% a incidência de doenças cardíacas em mulheres, quando consumida na mesma quantidade que a manteiga, segundo um estudo recente da Universidade de Harvard. A margarina contém:
  • Teor altíssimo de ácidos graxos tipo trans
  • Triplica o risco de doenças coronarianas
  • Aumenta o nível de colesterol total e o de LDL (o "mau" colesterol)
  • Reduz o nível de colesterol HDL (o "bom" colesterol)
  • Aumenta, em cinco vezes, o risco de câncer
  • Reduz a qualidade do leite materno
  • Deprime a resposta imunológica
  • Reduz a reação insulínica...
  • E o fato mais perturbador: a diferença entre o plástico e a margarina é de UMA MOLÉCULA!!! Basta saber disso para evitar, por toda a vida, a margarina e tudo o que for hidrogenado (isso significa que acrescentaram hidrogênio, mudando a estrutura molecular da substância).
Você pode experimentar por si mesmo. Compre uma embalagem de margarina e coloque-a aberta em algum espaço sombreado ao ar livre. Em poucos dias você notará dois fatos:
  1. Nenhuma mosca (nem aquelas terríveis mosquinhas das frutas) vai chegar perto dela (isso lhe diz alguma coisa?);
  2. Não vai apodrecer, nem ficar com cheiro esquisito. Como não tem nenhum valor nutritivo, nada crescerá nela, nem mesmo aqueles microorganismos minúsculos encontrarão ali ambiente próprio para viver. 
Por que?

Porque é quase plástico. E você derreteria seus potes de plástico para passar no seu pão?

Por dr. José Geraldo Ferreira Gonçalves, do
Instituto de Patologia Clínica Hermes Pardini
www.hermespardini.com.br


Vídeo: Quiche de Frango Low Carb



Ingredientes:

  • 4 ovos inteiros;
  • 400g de frango cozido com sal e desfiado;
  • 100g de queijo prato ralado;
  • 100g de queijo parmesão ralado;
  • 1 caixinha de creme de leite;
  • requeijão;
  • cubinhos de bacon frito (opcional);
  • temperos a gosto (pimenta, manjericão, orégano, etc).

Vídeo: Alimentos Permitidos na Dieta Paleo



Nas dietas Paleo (Paleolítica) ou Low-Carb (baixo carboidrato) é importante aprendermos o que são alimentos de verdade. Os alimentos permitidos nessa dieta são basicamente os não processados e de baixo índice glicêmico. A dieta low-carb é infalível para a normalização do peso, ou seja, se você estiver com sobrepeso, ao seguir essa estratégia alimentar irá emagrecer com certeza. Digo estratégia porque é a melhor forma de encarar a low-carb, você utiliza os alimentos certos e emagrece, aos poucos você pode voltar a incluir na dieta alimentos que você gosta e que não são tão baixo em carboidratos, você dita as regras de forma estratégica, e fica longe do efeito sanfona. Outra estratégia legal é a possibilidade de incluir o "dia do lixo", um dia da semana que você tira para comer o que quiser, e na quantidade que quiser, sim, isso mesmo, coma o que você quiser.